Sustentabilidade

Kimberly-Clark destaca progresso no relatório de sustentabilidade

A Kimberly-Clark Corporation publicou seu relatório anual sobre sustentabilidade afirmando que dobrou a porcentagem de conteúdo reciclado em nossas embalagens plásticas.

A empresa disse que, até o final de 2021, aumentou ainda mais a quantidade de embalagens globalmente reutilizáveis, recicláveis ​​ou compostáveis ​​para quase 84%. A meta é 100% até 2025.

Mike Hsu, presidente e executivo-chefe da Kimberly-Clark, disse: “À medida que a Kimberly-Clark continua a expandir nossos negócios, cuidar de nosso pessoal, consumidores, clientes, parceiros e comunidades permanece na frente e no centro. Desde nosso compromisso com a gestão climática e nossos esforços para desenvolver soluções mais sustentáveis ​​para nosso portfólio de produtos até nosso foco na inclusão e diversidade e nossa ambição de promover o bem-estar de um bilhão de pessoas em todo o mundo, continuaremos a gerar um impacto positivo à medida que criamos valor de longo prazo para nossos acionistas. É assim que entregamos Better Care for a Better World.”

Mike Hsu, presidente e executivo-chefe da Kimberly-Clark, disse: “À medida que a Kimberly-Clark continua a expandir nossos negócios, cuidar de nosso pessoal, consumidores, clientes, parceiros e comunidades permanece na frente e no centro. Desde nosso compromisso com a gestão climática e nossos esforços para desenvolver soluções mais sustentáveis ​​para nosso portfólio de produtos até nosso foco na inclusão e diversidade e nossa ambição de promover o bem-estar de um bilhão de pessoas em todo o mundo, continuaremos a gerar um impacto positivo à medida que criamos valor de longo prazo para nossos acionistas. É assim que entregamos Better Care for a Better World.”

No final de 2021, a Kimberly-Clark disse que havia alcançado uma redução de quase 41% nas emissões operacionais (escopo 1 e 2) em relação ao ano base de 2015. Para as emissões de gases de efeito estufa (GEE) do Escopo 3, obteve uma redução de 6,3% nas emissões de GEE em relação ao ano-base de 2015, com foco em bens e serviços adquiridos e tratamento de fim de vida dos produtos vendidos.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo